WeCreativez WhatsApp Support
Tire suas dúvidas sobre anúncios pelo site ou Aplicativo e responderemos diretamente no seu WhatsApp.
Quer ajuda para anunciar?
Para uma melhor experiência, altere seu navegador para CHROME, FIREFOX, OPERA ou Internet Explorer.
  • Seja Bem-vindo(a) ao MeuHaras!
Destaque: Raiva em equinos | Escola do Cavalo

Destaque: Raiva em equinos | Escola do Cavalo


Destaque: Raiva em equinos | Escola do Cavalo

Responsável por afetar os mamíferos de diferentes espécies, a raiva é um tipo de zoonose que, pode atingir até mesmo o homem.

É considerada uma doença de quadro clínico grave por muitos profissionais da medicina veterinária, pois não tem cura e tem sua origem registrada desde a antiguidade.

O vírus da raiva tem como intermediário os morcegos, gambás, dentre outros animais silvestres, que transmitem a doença por meio de mordidas.

Principais sinais da raiva em cavalos

O principal sinal apresentado pelo animal esta relacionado a alteração do sistema nervoso central, provocando a encefalomielite progressiva. 

Quando entra em contato com a corrente sanguínea, o vírus atinge as células musculares e pode desencadear a doença depois de algum tempo (tipo silenciosa) ou em um período mais curto (de forma agressiva).

Sendo assim, os animais afetados costumam apresentar problemas comportamentais, por conta das alterações neurológicas, tais como paralisia de parte dos membros, agressividade, dentre outras.

Diagnóstico e prevenção da raiva

Os profissionais da medicina veterinária, ao realizarem os exames ou a necropsia, devem estar com materiais especiais de proteção individual, como luvas, macacão, óculos e máscaras, já que se trata de uma doença altamente contagiosa.

Infelizmente a enfermidade não tem tratamento, então a melhor forma de se evitar a doença é através da vacinação.

Para isso, basta que o proprietário do animal sempre observe atentamente as datas de vacinação, sendo importante que sejam desenvolvidas ações que impeçam a presença dos animais transmissores, como o uso de telas nas baias, higienização e outras alternativas.

É importante ainda que o caso seja comunicado junto aos órgãos públicos para medidas de controle, sendo recomendado que o animal seja isolado ou o proprietário recorra à eutanásia.

Mais conhecimento no assunto

Saber quais medidas adotar diante dessa e outras situações emergenciais com equinos faz toda diferença no processo de diagnóstico e até nas técnicas de prevenção.

Você como criador ou dono de um haras já pensou em si capacitar no assunto?

Um amplo conhecimento sobre os cuidados com equinos pode fazer a diferença na sua criação. Por isso trouxe uma dica especial para você: Primeiros Socorros em Equinos

E você, médico veterinário que quer ampliar seu conhecimento sobre as diversas áreas da clínica equina, nós temos dicas para alavancar sua carreira profissional.

Confira: – Clínica equina

            – Reprodução equina

Não perca tempo! Amplie seu conhecimento de forma simples e prática com conteúdos grátis. Veja aqui.

Fonte: Ouro Fino Saúde Animal





Fonte




Topo
>