Cavalo Harmonia Temprano, Filho de campeão Ganadero da Harmonia, ganhador em 2006, atingiu uma das maiores pontuações da história da competição

José Fonseca Macedo foi ginete do macho campeão, que será destinado à reprodução
José Fonseca Macedo foi ginete do macho campeão, que será destinado à reprodução

 

Considerado favorito nas etapas classificatórias, o cavalo Harmonia Temprano, da Cabanha Harmonia, de Santa Vitória do Palmar, não só conquistou o Freio de Ouro como atingiu uma das maiores pontuações na história da competição. Filho de Ganadero da Harmonia, campeão do Freio em 2006, Temprano fez 22,607 pontos. O equino, que completa nove anos em novembro, foi prata em 2015 e Bocal de Ouro em 2014. Entre as fêmeas, a campeã foi Farrera de los Campos, da Estância Vendramin, de Ponta Grossa (PR). Com 20,998 pontos, a égua, de seis anos e meio, disputou o Freio pela primeira vez.

O criador Rodrigo Teixeira, da cabanha Harmonia, não conteve as lágrimas ao comemorar.

— Seguiremos trabalhando com a nova geração — disse Teixeira, destacando que não acredita em cavalos campeões sem planejamento estratégico.

Após a conquista do título, Temprano deixará as pistas de prova e será destinado apenas à reprodução. Em 40 anos de tradição, este foi o segundo ouro da cabanha Harmonia. Para comemorar, o ginete José Fonseca Macedo, que montou filho e pai grandes campeões do Freio de Ouro, deu duas voltas na pista.

— O Freio de Ouro é um projeto de vida. Consegui passar para o Temprano, e ele para mim, tudo que a gente é capaz — disse, fazendo uma avaliação após quatro anos de trabalho com o equino.

O jurado Leandro Amaral, um dos que julgou os machos, destacou que Temprano, terceiro colocado na prova de morfologia, é um cavalo belo e funcional.

— O equino demonstrou muitas qualidades, entre elas o bom temperamento. É um animal que se saiu bem em todas as provas — descreveu.

Antonieto Rosa fez treinamentos com a fêmea vencedora durante os últimos 12 meses
Antonieto Rosa fez treinamentos com a fêmea vencedora durante os últimos 12 meses

 

O ginete Antonieto Rosa conquistou seu primeiro Freio de Ouro montando a égua Farrera de los Campos.

— É uma égua de temperamento irretocável e função nota 10 — avalia o ginete, que treinou com Farrera nos últimos 12 meses.

O jurado Rodrigo Py, um dos que julgou a prova das femêas, destacou que a grande campeã é uma égua completa, com genética de sucesso e bom temperamento.

— Farrera é habilidosa, tem requinte nos movimentos — detalhou.

Criador de cavalo crioulo há 11 anos, Aldo Vendramin, da Estância Vendramin, comemorou a conquista.

— É uma emoção que sempre se renova. É uma carreira vitoriosa — avalia Vendramin, que em 2013 também foi ouro na competição com a égua Oraca do Itapororó, que fez a maior pontuação da história do Freio de Ouro.

Final foi assistida por 15 mil pessoas

O tempo favorável ajudou a lotar as arquibancadas da área do cavalo crioulo, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Cerca de 15 mil pessoas, entre criadores e público em geral, compareceram para acompanhar a grande final do Freio de Ouro. O presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Crioulo (ABCCC), José Luiz Laitano, demonstrou satisfação com o resultado da competição.

– O Freio de Ouro evolui sempre tecnicamente. Toda a cadeia evolui – avalia Laitano, ressaltando as boas notas e o bom desempenho dos animais que chegaram à grande final.

Na cerimônia de premiação, além dos grandes campeões macho e fêmea do Freio de Ouro, também foram entregues outros dois prêmios.O ginete destaque do ano foi Guto Freire. Tricampeão do Freio de Ouro, em 2011, 2012 e 2014, Guto disputou as etapas finais da competição montando 11 equinos que passaram os últimos meses em seu centro de treinamento, em Santo Antônio da Patrulha. O domador do ano foi Jair Silveira.

Os melhores na arena

FÊMEAS
Freio de Ouro: Farrera de los Campos
Estância Vendramin – Ponta Grossa (PR)
Ginete: Antonieto Rosa
Média: 20,998

Freio de Prata: Carlota de São Pedro
Cabanha GAP São Pedro, Uruguaiana-RS
Ginete: Fábio Teixeira da Silveira
Média: 20,669

Freio de Bronze: Natividade Setembrina
Cabanha Sossego, São João da Aliança-GO
Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira
Média: 20,305

MACHOS
Freio de Ouro: Harmonia Temprano
Cabanha Harmonia, Santa Vitória do Palmar-RS
Ginete: José Fonseca Macedo
Média: 22,607

Freio de Prata: Guapuruma Mate Amargo
Estância Guapuruma e Estância Tamareira, Navegantes-SC e Santa Rita do Passa Quatro-SP
Ginete: Cézar Augusto Schell Freire
Média: 20,608

Freio de Bronze: Bt Vermute
Cabanha 55, Porto Alegre-RS
Ginete: Volmir Santos de Guimarães
Média: 20,519

Responder