O que é ser um Cavaleiro

 

homem dos cavalosSer um Cavaleiro é como que uma metáfora para uma vida vivida em pleno e dedicada ao bem-estar dos cavalos.

Tudo o que se faz em termos equestres deve ser guiado pelos princípios fundamentais de amor e respeito pelos animais. Deste modo, a equitação correta prolonga a vida útil dos mesmos. Estes, por outro lado só progridem se a sua vida for livre de medo e dor e para que isto aconteça o carácter de um cavaleiro deve ser desenvolvido a par e passo com a evolução dos seus conhecimentos equestres.Ser um cavalheiro envolve o ser humano em toda a sua dimensão: mente, espírito e corpo. A equitação é uma ciência baseada na aprendizagem. Simultaneamente uma arte, será sempre um desafio permanente à mente do cavaleiro. Quando esta é praticada com a atitude correta, o próprio cavalo reforça as virtudes do cavaleiro: coragem, dedicação, autodisciplina, empatia e muitas outras que são a marca de um espírito humano maduro. O resultado deste envolvimento espiritual e emocional é a obtenção da elegância.

As pessoas elegantes são fugais na expressão; evitam excessos e não chamam à atenção desnecessariamente. A simplicidade no movimento e na expressão é elegância. Os cavaleiros elegantes só se fazem notar quanto é absolutamente necessário. Tudo o que é bem feito, é elegante, desde servir uma taça de champanhe a plantar flores, passando por competir em um grande evento equestre.

O corpo de um cavaleiro é apenas um meio de comunicação. Baseando-se na harmonia, as ajudas do cavaleiro são mínimas e ligeiras, e, quando o cavalo as entende elas somente mantêm esse entendimento. Ajudas para além do necessário não são só deselegantes, mas também punitivas para o cavalo, indo muitas vezes para além da sua sensibilidade natural e provocando na maior parte dos casos reações exageradas e negativas da parte deste.

Qualquer pessoa revela no cavalo a sua própria personalidade. A expressão facial, a postura corporal, a atitude em relação ao cavalo e ao trabalho que pretende efetuar, permite-nos ler um cavaleiro como um livro aberto, pois a cavalo ninguém se consegue esconder de um observador atento e informado. Se aceitarmos que a elegância é o resultado de se fazer bem seja o que for em que nos empenharmos, então a equitação elegante é o culminar da arte equestre.

Este deve ser um dos objetivos de qualquer cavaleiro.

Responder