WeCreativez WhatsApp Support
Tire suas dúvidas sobre anúncios pelo site ou Aplicativo e responderemos diretamente no seu WhatsApp.
Quer ajuda para anunciar?
Para uma melhor experiência, altere seu navegador para CHROME, FIREFOX, OPERA ou Internet Explorer.
  • Seja Bem-vindo(a) ao MeuHaras!
Você sabia que os cavalos usam chip para correr em competições?

Você sabia que os cavalos usam chip para correr em competições?


Você sabia que os cavalos usam chip para correr em competições?
Cavalos usam chip para correr em competições — Foto: TV TEM/Reprodução

7 de abril de 2019

Mais de 1.500 cavalos entrando e saindo da arena a todo instante. Controlar esse fluxo não é fácil. É um desafio identificar cada um para saber se está na pista o animal que realmente deveria.

Se os olhos podem falhar, a eficiência da tecnologia não dá margens a erros. É ela quem ajuda os juízes nas competições da ABQM, a associação que representa os criadores da raça quarto de milha. Basta aproximar o bastão do pescoço do cavalo e as informações sobre o animal logo aparecem.

Diego Testa, juiz da ABQM, conta que o chip, que só tem 11 milímetros, revela o nome do animal, o número do registro junto à associação e a pelagem.

A chipagem ficou obrigatória no ano passado e facilitou o trabalho dos organizadores de uma das maiores provas de três tambores da América Latina. Ela é realizada anualmente em Tietê (SP). Cerca de três mil cavaleiros e amazonas disputam prêmios milionários em várias categorias.

O gerente do haras, Filipe Fedozzi, explica que os donos dos animais sem chip podem fazer a implantação no local, antes das provas. Cláudio veio de Piracicaba (SP) para testar a égua Hanny. Ela foi tão bem na pista que o dono a inscreveu na disputa, depois de providenciar o dispositivo.

A competidora Ana Karolina de Sá Chaves aprovou a mudança e disse que tudo ficou mais confiável. O treinador Roque Osti lembrou que a chipagem impede alguém de correr com um cavalo trocado.

25 mil dos 570 mil equinos registrados na Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Quarto de Milha são chipados. A implantação custa em média R$ 200 e tem que ser feita por um inspetor da ABQM.

Orlando Silva Filho, coordenador da associação, fala que todos os criadores são beneficiados. Ele diz que, no passado, os cavalos eram identificados com o uso de tintas ou placas, o que trazia dificuldades.

O chip funciona como um RG para o cavalo e, a partir de julho deste ano, todos os animais que nascerem e forem registrados pela ABQM vão precisar ter o chip. A implantação é simples, rápida e praticamente indolor para o animal.

Fonte: Por Nosso Campo, TV TEM



Pesquisar




Comentários

Topo Baixar App
Baixar App
>